Início / Notícias / Exame da OAB foi realizada neste domingo 13 de fevereiro

Exame da OAB foi realizada neste domingo 13 de fevereiro

Há uma discussão acerca do  Exame de Ordem da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) que afirmam que a prova realizada neste domingo (13) não cumpriu uma norma do próprio órgão que determinava que 15% das questões (no caso, 15 das 100) fossem sobre ética e direitos humanos. e afirmam que há no máximo, 12.

O provimento 136/2009 diz, expressamente, que “a prova objetiva conterá 100 questões de múltipla escolha, com quatro opções cada, devendo conter, no mínimo, 15% de questões sobre direitos humanos, estatuto da advocacia e da OAB, regulamento geral e código de ética e disciplina”.  Uma solução para  o problema seria atribuir a pontuação das questões inexistentes a todos os bacharéis.

A Fundação Getúlio Vargas informou  que só poderia se posicionar sobre o possível erro e uma eventual pontuação adicional na segunda-feira (14). A fundação se limitou a afirmar que o exame transcorreu com “total tranquilidade”, sem registro de problemas.

Como foi a prova

O exame deste domingo se demonstrou como sendo de dificuldade média para difícil e bem elaborado, mas com questões muito extensas, cansando os candidatos.

Uma grande parte da prova foi baseada na letra da lei, na qual o aluno não precisava de um aprofundamento maior na  doutrina específica,  para responder a maior parte das questões da matéria.

O professor do Damásio afirma que pelo menos duas provas estavam mais difíceis que as do ano passado – direito do consumidor e direito ambiental. A maioria (direito civil, internacional, ética, Estatuto da Criança e do Adolescente), no entanto, estava mais fácil.

Direitos humanos

A novidade deste exame foi a exigência de conhecimentos sobre direitos humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *