MODIFICACAO DE GUARDA – CONTESTACAO

MODIFICACAO DE GUARDA – CONTESTACAO

0 8.061 views

Modificação de Guarda – Contestação

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA …… VARA CÍVEL DA COMARCA DE ……………………………

(10 LINHAS)
Autos do processo nº ……………………………
(5 LINHAS)

…………, (nacionalidade), (profissão), (estado civil), portadora da Carteira de Identidade RG nº ….., inscrita no CPF/MF sob o nº …., residente e domiciliada na rua …….., nº ….., bairro ……., cidade ……, no Estado de …….. CEP ……., por seu procurador infra-assinado, mandato anexo, vem respeitosamente à presença de Vossa Excelência, apresentar

CONTESTAÇÃO À AÇÀO DE MODIFICAÇAO DE GUARDA

do filho menor impúbere, …………, que propõe seu progenitor, …………, já qualificados no processo em epígrafe, aduzindo, para tanto, o seguinte:

São inverídicas as alegações contidas na exordial, sendo que a Ré após sua separação, jamais adentrou dentro de seu lar com outro homem.

As fantasias criadas pelo Autor, não correspondem com os fatos, pois:

A ré trabalha como gerente bancária em agencia próxima ao lar, conforme documento anexo lá exercendo a gerencia geral, cargo este que demanda tempo e dedicação exclusiva.

No último ano, realizou os seguintes cursos de especialização (elencar cursos).

Tudo para ter aumento em seu salário para justamente proporcionar uma vida melhor ao seu filho.

Ocorre que o autor tem um ciúmes doentio pela Ré e acha que todos os homens ao seu redor tem “casos” com ela, graças ao seu orgulho ferido com o final do relacionamento.

II – DO DIREITO

A guarda da criança deve permanecer com a Ré pois, a criança está tendo educação exemplar em colégio bi-lingue, natação e reforço de inglês, plano de assistência médica entre outras.

Nenhuma das alegações feitas na exordial corresponde com a verdade, trata-se de um amontoado de mentiras que serão argumentos que ensejarão a devida ação Penal pertinente a matéria.

Ausentes estão os requisitos ensejadores para a concessão liminar que ainda prudentemente ainda não foi concedida antes da resposta do réu.

III – DO PEDIDO

Pelo exposto, e pela ampla documentação juntada requer a manutenção da guarda do menor impúbere …………, que permanecerá sob a guarda e posse da mãe, sendo que por final Julgue a presente ação TOTALMENTE IMPROCEDENTE, condenando o autor ao pagamento das custas e honorários advocatícios a serem fixados em valor não inferior a 20%.

Termos em que

Pede deferimento.

(Local, data e ano).

(Nome e assinatura do advogado).
(OAB/UF)

SIMILAR ARTICLES

0 278 views

0 1.799 views

0 178 views

0 2.115 views

NO COMMENTS

Leave a Reply

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.