PEDIDO DE INTERDIÇÃO E CURATELA

PEDIDO DE INTERDIÇÃO E CURATELA

0 4.141 views

PEDIDO DE INTERDIÇÃO E CURATELA

Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da …..ª Vara de Família da Comarca de
…………….

(dez espaços duplos para despacho)

………………………….., brasileira, casada, do lar, portadora do RG nº
…………… SSP/….., CPF nº ……………, vem mui respeitosamente por
sua advogada abaixo assinado, com base nos artigos 1.177 a 1.186
do Código de Processo Civil, e inciso I do art. 5º da Constituição
Federal, vem à presença de V. Exa., ajuizar o presente PEDIDO DE
INTERDIÇÃO E CURATELA de ……………, brasileiro, casado,
aposentado, portador do RG nº …………… SSP/……………, CPF nº
………………., ambos residentes e domiciliados nesta capital, à rua
……………, nº ….., Jardim ……………, pelas razões que expõe e a final
requer:

A suplicante é esposa do suplicado, conforme certidão de casamento
……………, ora anexado, que em …../…../….. fez um AVC isquêmico
com infarto extenso em hemisfério esquerdo, que levou-o a um estado
de dependência e paralisia completo, não compreende, não consegue
se expressar, não consegue andar ou ficar sentado, permanece
deitado no leito o tempo todo, e, agora, vem demonstrando sinais de
problemas sérios na próstata, inclusive sendo levado a fazer uma
biópsia no dia de ontem, mas conforme afirmam os atestado médicos
anexos, não tendo, pois, como cuidar de si mesmo ou como
administrar seus bens.

Isto posto requer:

a) Seja-lhe deferida a interdição do suplicado nomeando a
suplicante como sua curadora e procuradora podendo representá-lo
judicialmente e extra judicialmente em todas as Repartições Estaduais,
Municipais, Instituições Financeiras, Instituto Nacional de Securidade
Social, Receita Federal, Planos de Saúde, Cartórios e Fórum Estadual
e Federal Cível, Criminal e Trabalhista, Registro de Imóveis, enfim
para todos os atos da vida civil que necessitar, com todos os poderes
de procuradora legal, dando tudo por bom, firme e valioso, para tanto
requer que seja ouvido o Digníssimo Representante do Ministério
Público.

b) Se o MM. Juízo entender necessário uma constatação, a
suplicante se coloca à disposição o suplicado, que como não é
possível a sua locomoção, ou seja apenas através de uma ambulância,
e como todos os valores recebidos encontram-se retidos nos Bancos,
não dispondo a suplicante de meios próprios para sobreviver, bem
como de tratar devidamente o suplicado, sem a liberação dos valores
depositados em conta bancária, é que requer seja feita com a máxima
urgência a constatação, ou a nomeação de um perito para que seja
efetuada a devida perícia, para a imediata procedência da ação.

c) Protesta provar o alegado através de todas as provas, para tanto
requer a juntada dos Atestados Médicos, informando ao r. Juízo que
o Dr. ………………., cardiologista, CRM ……………/……., fone
……………, e Dr. ……………………., neurologista, CRM ……………/…..,
fone ……………, se colocaram à disposição de V. Exa., para qualquer
esclarecimento que se fizer necessário.

d) Requer seja julgado procedente o pedido da suplicante de
interdição e curatela, após o trâmite legal.

Protesta provar o alegado por todos os meios de provas admitidas em
direito, principalmente pela oitiva de testemunhas, documentos e
perícia, além de outras que se fizerem necessárias.

Requer os benefícios da justiça gratuita, por ser pobre na acepção
jurídica do termo, não dispondo de recursos para demandar, sem
desfalque do mínimo indispensável à própria mantença e à de seus
familiares.

Do Valor à Causa

Dando a presente causa o valor de R$ …………… (……………), para os
efeitos de alçada.

Termos em que

P. Deferimento.

Local, ….. de ……………….. de ……….

Assinatura do Advogado

OAB nº ………./…..

SIMILAR ARTICLES

0 762 views

0 1.283 views

0 462 views

0 269 views

NO COMMENTS

Leave a Reply

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.