Início / Petições / Civil / Possessória / Usucapião / MODELO DE PETIÇÃO INICIAL DE USUCAPIÃO ORDINÁRIO

MODELO DE PETIÇÃO INICIAL DE USUCAPIÃO ORDINÁRIO

MODELO DE PETIÇÃO INICIAL DE USUCAPIÃO ORDINÁRIO

Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Comarca de…………

(nome, qualificação e endereço), por seu advogado infra-assinado, com escritório situado nesta cidade, a rua onde recebe intimações e avisos, vêm a presença de V Exa, com fulcro nos artigos 1.242 do Código Civil e 941 e seguintes do Código de Processo Civil, propor a presente AÇÃO DE USUCAPIÃO em vista das seguintes razões de fato e de direito:

1.O suplicante possui de forma mansa, pacífica e ininterrupta com ânimo de dono, há mais de 10 (dez) anos, o imóvel situado nesta cidade, à rua…… consistente de …….com a área de…….. que confronta do lado esquerdo com……., do lado direito com…….. e nos fundos com…………conforme se constata da inclusa certidão expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis.

2.Durante todos estes anos o suplicante vem efetuando o pagamento dos respectivos impostos que incidem sobre o imóvel, zelando e cuidando do mesmo como se seu fosse, com ânimo de proprietário, conforme se constata dos documentos anexos.

3.Que o suplicante possui justo título de tal imóvel, consistente de um contrato datado de …….firmado por …….conforme se verifica do incluso documento.

A vista do exposto e tendo interesse na regularização de tal situação, requer-se a V.Exa, a citação pessoal de ………………. domiciliado e residente nesta cidade a rua ……………….. que figura como proprietário do respectivo imóvel conforme certidão do Cartório de Registro de Imóveis e dos respectivos confinantes residentes nesta cidade à rua…… bem como a citação por edital dos réus ausentes, incertos e desconhecidos, observando-se a regra do art. 232, IV, do Código de Processo Civil, para que manifestem, querendo seus interesses na causa.

Requer, ainda, a intimação por via postal, com carta registrada com A.R, dos representantes das Fazendas Públicas da União, Estado, do Distrito Federal (sendo o caso), do Território (sendo o caso) e do Município, para que manifestem, querendo, interesse na causa (CPC, art. 943).

Requer nos termos do art. 944 do Código de Processo Civil, a intervenção do representante do Ministério Público.

Observadas as formalidades legais, pede-se que por r. sentença seja reconhecida a aquisição de tal propriedade através do usucapião, expedindo-se mandado para ser registrado no Cartório de Registro de Imóveis desta Comarca, satisfeitas as obrigações fiscais, devendo o mandado conter os requisitos da matrícula (Lei n.º 6.015, de 31-12-73, art. 226).

Protesta-se por provar o alegado por todos os meios de provas admitidas pelo Direito.

Dá-se a causa o valor de……….
Pede deferimento.

(local e data)

(assinatura e n.º da OAB do advogado)

Nota: O Código Civil trata do assunto em seu art. 1.242, prevendo o parágrafo único que será de cinco anos o prazo previsto neste artigo se o imóvel houver sido adquirido, onerosamente, com base em transcrição constante do registro próprio, cancelada posteriormente, desde que os possuidores nele tiverem estabelecido a sua moradia, ou realizado investimentos de interesse social e econômico.

Além disso, verifique

USUCAPIÃO 2

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA ÚNICA DA COMARCA DE MANGARATIBA Proc. n°: ...

2 comentários

  1. Um imovel rural que não foi feito o inventario, mais uma pessoa comprou uma parte e nela ja vive a mais de cinco anos onde construi casa sede e fez benfeitorias no imovel el pode entrar com usucapiao

  2. boa tarde , gostaria de saber ,
    tenho um processo de usocapião pela prefeitura municipal de formosa ,moro neste local ha mais de 18 anos,so ki mim divorciei do meu marido, ele foi embora de casa o mais rapido possivel arrumou outra mulher, e agora mim falou ki esta pagando advogado para faser a escritura estou temendo ki possa colocar em nome deli e da mulher ou do filho ki atualmente mora comigo,so ki ,eo juiz deu 50 % do valor casa pra ele quer dizer temos ki vender pra repartir,e eu tõ comedo acabar na rua o qui eu devo fazer
    tem 5 meses isso até hoje nada de querer vender a casa toda as veses ki procurei pra comverssar sobre esse assunto porque preciso cuidar da minha vida ele fala so ki ta pagando o advogado pra arrumar o ki eu devo fazer por favor mim responda o mais breve possivel ok

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.