REVISÃO RMI

EXMO (A) SR (A) JUIZ (A) FEDERAL DA ….. VARA DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL[-1]  
 
 
OBJETO:
1.                               REVISÃO DA RMI NOS TERMOS DO ART. 58 DO ADCT
 
 
 
VALOR DA CAUSA: _______________________________________________
 
 
 
QUALIFICAÇÃO
 
1.1. Nome
 

 
1.2. Nacionalidade
 

 
1.3. Estado Civil
 

 
1.4. Profissão
 

 
1.5. CPF
 

 
1.6. Endereço
 
Rua:
 
 
 
Nº:
 
Bairro/Cidade:
 
1.7. E-mail
 
 

 
1.8. Telefone
 

 
 
A parte autora supra qualificado vêm à presença de V. Exa. propor
 
 
AÇÃO PREVIDENCIÁRIA
 
 
contra o INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL, pelos seguintes fatos e fundamentos:
1.                 DOS FATOS:
A parte autor é titular de benefício previdenciário, conforme documento anexo.
Dados sobre o benefício
 
1.      Tipo de benefício
 
 
 
2.      Número do benefício
 
 
 
3.      Data de início do benefício
 
 
 
4.      Caso se trate de pensão por morte, número do benefício originário (se houver)
 
 
 
5.      Caso se trate de pensão por morte, data de início do benefício originário (se houver)
 
 
 
6.      Renda mensal atual do benefício
 
 

 
Dentre as provas documentais apresentadas, o (a) autor(a) juntou:
( ) Carta de Concessão do benefício previdenciário
( ) Demonstrativo de cálculo da Renda Mensal Inicial do benefício
( ) Carta de concessão do benefício originário
( ) Demonstrativo de cálculo da Renda Mensal Inicial do benefício originário
( ) Extrato trimestral do benefício
( ) Extrato bancário referente ao levantamento do valor do benefício,
( ) Recibos de pagamento de salários
( ) Carnês de contribuição social
( ) Cópia(s) de peça(s) de processo trabalhista
( )_____________________________________________
 
2. FUNDAMENTOS
Quando da revisão da Renda Mensal Inicial – RMI da parte autora, houve erro no cálculo, razão pela qual ela está recebendo o seu benefício em valor aquém do devido.
 
O erro na revisão da RMI da parte autora se verificou porque, em cumprimento ao art. 58 do Ato das Disposições Constitucionais – ADCT, o Instituto-réu procedeu à atualização do benefício previdenciário por ela percebido, utilizando, porém, como parâmetro à fixação da quantia, o valor do salário mínimo vigente no mês posterior ao dos cálculos.
 
Entende, assim, que a Renda Mensal Inicial de seu benefício restou aviltada, porquanto o INSS não respeitou o a legislação que rege a matéria e a jurisprudência firmada a respeito.
4. MEDIDA CAUTELAR
Caso tenha urgência na prestação jurisdicional (concessão do benefício), elencar os motivos:
 
 
 
 
 
 
 
 

Documentos comprobatórios da urgência alegada:
( ) CTPS comprovando o desemprego,
( ) Atestado Médico,
( ) Idade avançada – documento que comprove,
( ) Outros: ________________________________________
 
4. REQUERIMENTO
ISSO POSTO, requer:
1)     A condenação do INSS a:
a)     Refazer a revisão do cálculo da renda mensal inicial de seu benefício (ou do benefício que deu origem à sua pensão por morte), para que seja fixado o valor correto:
b)     pagar as diferenças vencidas e vincendas, monetariamente corrigidas desde o respectivo vencimento e acrescidas de juros legais moratórios, incidentes até a data do efetivo pagamento, que perfaz o valor de R$ _______________________________________;
2)     A citação do Instituto Nacional do Seguro social – INSS, bem como sua intimação para que, até a audiência de tentativa de conciliação, junte aos autos o processo administrativo;
3)     A concessão do benefício da assistência judiciária gratuita por ser a parte autora pobre na acepção legal do termo;
Testemunhas arroladas: ( ) sim ( ) não
1.      _______________________________________
2.      _______________________________________
3.      _______________________________________
O(A) Autor(a) declara estar ciente de que: (1) os valores postulados perante o Juizado Especial Federal não poderão exceder 60 (sessenta) salários mínimos; (2) deverá comparecer na data e horário indicados para audiência de conciliação e/ou instrução e julgamento, sendo que o não comparecimento acarretará a extinção do processo; (3) deverá comunicar qualquer alteração de endereço, telefone ou e-mail no curso do processo.
 
________________________________, ___/___/_____.
Local Data
 
________________________________
Assinatura do(a) Autor (a)
 
________________________________
Assinatura do(a) Procurador(a) do Autor (a)

Além disso, verifique

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO

APOSTILA DE LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO Índice 1. Conceito pag. 02 2. Salário Contribuição …

Um comentário

  1. Boa tarde
    No ano de 2004 entrei com pedido de revisão o qual tive direito ao recebimentos dos atrasados,mas a minha renda não foi atualizada conforme deveria,será que caberia fazer uma nova entrada requerendo os acertos no valor da RMI com aplicação do IRSM (39,67)em minha renda atual?
    Obrigada

    Giseli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *