Início / Petições / Recursos e incidentes processuais / Apelações / APELAÇÃO EM AÇÃO DE ALIMENTOS LEI5478 ART 14

APELAÇÃO EM AÇÃO DE ALIMENTOS LEI5478 ART 14

Apelação em Ação de Alimentos (Lei nº 5.478/68, art. 14)

Exmº Sr. Dr. Juiz de Direito – Vara de Família

PROCESSO Nº…

LUCIANA PEIXOTO, brasileira, do lar, separada judicialmente, e RODRIGO SIQUEIRA JR., menor impúbere, neste ato representado pela primeira apelante, ambos residentes e domiciliados nesta cidade, na Rua Antunes Maia nº 986, por seu advogado, no fim assinado, não se conformando, data venia, com a respeitável decisão proferida, vem interpor, no prazo legal, para a egrégia instância superior o presente

RECURSO DE APELAÇÃO

contra

RODRIGO SIQUEIRA, brasileiro, engenheiro agrônomo, separado judicialmente, residente e domiciliado nesta cidade, na Av. da Constelação nº 345, aptº 102,

para o que requer que V. Exª receba e determine o seu processamento, remetendo-se o processo ao Tribunal ad quem, tudo conforme a exposição e as razões que seguem.

Nestes Termos,

P. E. deferimento.

Data

Advogado

(nº do registro na OAB)

EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO…

APELANTES: LUCIANA PEIXOTO E OUTRO

APELADO: RODRIGO SIQUEIRA

RAZÕES DE APELAÇÃO

Colendo Tribunal:

I – Os apelantes intentaram ação de alimentos onde foi fixada, através de sentença, prestação alimentícia de 10% a ser descontada em folha sobre o salário líquido do apelado.

II – Ocorre que a situação econômica dos alimentandos é precária e não conseguem sobreviver com a irrisória quantia que houve por bem estipular o digno magistrado do juízo a quo.

III – O apelado reconheceu, quando de seu depoimento pessoal, que após a separação do casal passou a viver na casa de seus pais, onde não tem qualquer despesa. Já os apelantes, que não têm qualquer outra renda senão a oriunda dos alimentos estipulados, se vêm obrigados a pagar aluguel e todas as demais despesas necessárias para sua subsistência conforme já provado às fls… dos autos. Tais despesas montam em R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) e o valor recebido a título de alimentos é R$ 600,00 (seiscentos reais); tal situação faz com que os apelantes não consigam honrar seus compromissos financeiros, temendo, inclusive, ficarem ao desabrigo.

Com o intuito de diminuir os gastos, os apelantes mudaram-se para um apartamento menor, com aluguel reduzido, e o filho do apelado saiu da escola particular que freqüentava passando a estudar em escola pública; no entanto, esses esforços não foram suficientes para que consigam viver com um mínimo de dignidade.

IV – Já o apelado, que hoje diminuiu consideravelmente seus gastos com a família, passou a ter uma vida bem mais confortável, o que possibilitou-lhe, inclusive, adquirir um automóvel zero quilômetro há questão de trinta dias.

Ante o exposto, esperam os apelantes que o egrégio Tribunal reforme a respeitável decisão recorrida, decretando a majoração dos alimentos prestados para que estes sejam pagos à razão de 35% dos rendimentos do apelado, tudo por ser de direito e de justiça.

Data

Advogado

(nº do registro na OAB)

Além disso, verifique

RECURSO DE APELAÇÃO DA EMPRESA RÉ EM AÇÃO DE INDENIZAÇÃO

Recurso de Apelação da Empresa Ré em Ação de Indenização Petições – Recursos Cíveis Ação …

2 comentários

  1. Ótimo modelo direto de fácil compreenção

  2. obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *