Início / Petições / z / Fazenda pública / Sentenças / PRESCRIÇÃO INTERCORRENTE- IPERJ

PRESCRIÇÃO INTERCORRENTE- IPERJ

ESTADO DO RIO DE JANEIRO
PODER JUDICIÁRIO
COMARCA DA CAPITAL
JUÍZO DE DIREITO DA 10A VARA DA FAZENDA PÚBLICA

Proc. Nº 86.001.500245-0

SENTENÇA

I

Vistos etc..

MARIA IDALBA NOGUEIRA, qualificada na inicial, propôs a presente ação em face do INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – IPERJ, objetivando a condenação do réu ao pagamento de pensão previdenciária (fls. 02/04).

Com a inicial vieram os documentos de fls. 05/14.

Contestação às fls. 18/21.

Réplica às fls. 88/89.

Intimada a se pronunciar no feito, quedou-se a autora silente desde 1995 (fl. 202), vindo a requerer o seu prosseguimento somente no mês de junho de 2002 (fl. 203).

Parecer do Ministério Público às fls. 249/250, no sentido da extinção do feito, face a incidência da prescrição intercorrente.

Manifestação do IPERJ à fl. 255, protestando pela extinção do feito.

II

É o relatório. Fundamento e Decido.

A questão posta a debate suscita análise acerca da incidência, ou não, da prescrição intercorrente.

Na hipótese, deixou a autora de promover os atos e diligências que lhe competiam, permitindo que o processo ficasse paralisado por cerca de 7 (sete) anos (fls. 202/203).

Neste caso, levando-se em conta que esta situação decorreu de fato exclusivo da autora, não restam dúvidas acerca da caracterização da prescrição intercorrente.

Incide aqui a regra do art. 3o, do Decreto-lei nº 4597/92, conjugado com os arts. 2o e 9o, do Decreto nº 20910/32, valendo destacar sobre o assunto, o seguinte julgado:

“PRESCRIÇÃO INTERCORRENTE – SENTENÇA CONFIRMADA.
Prescrição intercorrente. Fazenda Pública. Processo paralisado por mais de dois anos e meio. Acolhimento dos embargos à execução pela perda da exigibilidade da pretensão executória, que torna inexigível o título executivo judicial por fato superveniente. Interrompida a prescrição qüinqüenal em favor da Fazenda Pública, o prazo recomeça a correr pela metade, da data do ato que a interrompeu propositura da ação de execução. Paralisada a execução, injustificadamente, por prazo superior ao legal, resulta inevitável a prescrição intercorrente. Sentença confirmada. Desprovimento do recurso” (Ap. Cível 2003.002.02806, R. 26.06.03, 2a CC, Rel. Des. SERGIO CAVALIERI FILHO, J. 28.05.03).

Veja-se que o fato de se estar no curso do processo de conhecimento não é inibitório para o reconhecimento da prescrição.

O art. 2o, do Decreto nº 20910/32, é claro ao trazer a incidência da prescrição de todo e qualquer direito, principalmente aqueles que se traduzem em pensões vencidas e por vencerem, como no caso.

Neste plano correto afirmar que aqui o tempo está atingindo o próprio fundo do direito, pois este o que está em jogo, na medida em que a pretensão é de ver declarado o vínculo entre a autora e o falecido servidor para trazer a perspectiva do pensionamento.

Com isto, uma vez implementada a prescrição intercorrente, o que se tem é a improcedência do pedido.

III

Ante o exposto, JULGO IMPROCEDENTE o pedido, nos termos do art. 269, IV, do CPC.

Imponho a autora os ônus sucumbenciais, fixando os honorários advocatícios em 10% do valor da causa, nos termos do art. 12, da Lei nº 1060/50.

P.R.I.

Rio de Janeiro, 10 de maio de 2005.

RICARDO COUTO DE CASTRO
JUIZ DE DIREITO

Além disso, verifique

SIDA1

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 7a. VARA DE FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DA ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.